|

Imersão na Borogodança

O que é o “pensar brasileiro”? Passando pela origens da samba pela vida de Tia Ciata, a literatura de Clarice Lispector e Guimarães Rosa, o Tropicalismo, as artes plásticas (e clínicas) de Lygia Clark, o cinema de Zé do Caixão, a espiritualidade heterogênea, os mitos que percorrem todo o território nacional como o boitatá, a ginga, o drible; como isso se expressa, por exemplo, numa filosofia local que, em larga medida, apenas comenta os autores europeus e mesmo quando faz o elogio do pensamento indígena, usa a filosofia – aquela que possui origem grega – como validação?

Nessa Imersão, vamos trazer a problemática geopolítica e social dos problemas que atravessam a brasileiridade, estabelecendo as relações – que se desdobram em pororocas – ao longo dos saberes na vida, para conceber um pensar genuinamente abrasileirado, sem negar as influências ocidentais e orientais, indo além do pensar, cultivando as condições de emergência dos impensamentais, que, por sua vez, apreendem a borogodança.

É aula? É experimentação? É meditativo? É!!!

Data: 27 de abril

Horário: 10h00 às 18h30 (incluindo horário de almoço e intervalo para café)

Local: Espaço Chão

Endereço: Rua São Clemente 176, Botafogo (próximo ao metrô).

Atrator: Nelson Job (pesquisador transdisciplinar, doutor pelo HCTE/UFRJ, criador do campo conceitual e experimental transaberes e autor do Livro na Borogodança, entre outros)

Bibliografia: Livro na Borogodança de Nelson Job. Adquira clicando aqui.

Valor: R$200,00 (em até 2 Xs)

Inscrição: nelsonjobvortex@gmail.com

A imersão não será gravada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *